Postagens populares

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Passando dos trinta

Acordei e percebi que via as coisas de outra forma.
Passei a rir com as bobagens de meu marido, reclamando menos de sua bagunça.
Passei a perceber que meus filhos estão crescidos, já são adolescentes, ainda que sinta que eles são os meus eternos bebês de colo!
Passei a gostar de tons pastéis, cores neutras. Escolhi um blazer gelo e uma sapatilha bege, adeus ao rosa e ao preto rebelde!
Me peguei assistindo a Esquadrão da Moda, Reforma Relâmpago e Design Divino. Fiquei fã de Top Chef.
Me desinteressei pelas lingeries enormes e confortáveis, comecei e recompor meu guarda-roupa com peças mais longas, mais confortáveis, mas agradáveis e discretas. Continuo com jeans básico e menos salto alto (dores na coluna).
Cortei o cabelo. Nada de cabelão no meio da cintura, me senti mais confortável com as madeixas um pouco abaixo dos ombros, um pouco de repicado, mais discreto e moderno. Passei a amar meus cachos - descobri o selante.
Decidi ficar mais leve, procurei uma terapia, escolhi chorar menos, gritar menos e dizer não a algumas coisas.
Fiquei preguiçosa para sair a noite e curtir shows e festas, passei a priorizar restaurantes e bares com boa música popular.
Ainda não iniciei a dieta da segunda. A cada dia fica mais difícil perder peso. Se perco me preocupo em perder demais os contornos, acho que hoje já gosto deles, e sinto que fazem parte de mim.
Percebi que preciso de muito - de amor, de família, de respeito, de carinho, de amigos, de espiritualidade - e também preciso de pouco - de casa, comida boa e roupa lavada. A cada dia percebo o paraíso que foi desenhado inteligentemente para me fazer feliz... triste...zangada...feliz...viva. Cresci, passei dos trinta!



Nenhum comentário:

Postar um comentário