Postagens populares

sábado, 14 de abril de 2012

Vídeos populares

Minha amiga Raquel é uma excelente comunicóloga. Se twitter é acessadíssimo, seu face é maravilhoso, seu orkut é bem bonito. Além disso ela faz documentários interessantes e reportagens. Mas porque será que as pessoas preferem vê-la escovando o cabelo?

Ontem ela me ligou e disse estar frustada: - Não entendo, Gi, passei 4 meses fazendo o documentário sobre a história de Itabuna e só tive 200 acessos... Dia desses testei escvar meu cabelo com um secador especial, que seca e alisa, gravei e pus no you tube e tive mais de 1500 acessos. O que fazer para atrair o interesse das pessoas e me tornar um sucesso? ( um sucesso em si ela já é, pois tem talento!).

Bom, essa questão de fato me motivou a dar uma olhadinha na estatística desse blog e pude perceber que a postagem mais acessada é a que trata da história de Jack e Rose em Ttanic. Daí entendi porque este filme foi relançado no cinema, só que em 3D.

Disse para Raquel que ela deveria falard e AMOR. Todo mudo gosta desse assunto, ainda que não reconheça. Vivemos amor, respiramos amor, o amor nos elouquece, o amor nos consome...

Ela disse que tratará desse tema, de uma maneira polêmica,e specífica e engraçada.

É, o novo documentário da inha amiga será um sucesso, será que ela deixa eu postar um link aqui? Se deixar a gente dá uma espiada...

É, só o amor mesmo para dar uma guinada nas coisas...

Doideira geral nos preços!!!

Hoje Gê e eu fomos ao supermercado e à feira livre.
Antes, comprava frutas, legumes e verduras no mercado. Mas há uma diferença enorme nos preços!
Comprei um kg de tomate na feira por 1 real! Nem acreditei! Antes, comprava esse kg de tomate por 2 reais, 2,5 ...
Bom, no supermercado foi uma loucura: gente prá caramba e preços exorbitantes. Gente, uma polpa de suco de cajá por 1,03 reais! Pense, melhor comprar o suco pronto, na lanchonete, assim você economiza açúcar!
Como tinha resolvido fazer uma fazer uma feijoada para almoçar no domingão tive que comprar feijão preto: 6,50 reais o quilo!
Meu pai, o mundo tá perdido! Fora as carnes, linguiça, complementos... ( o bom é que dá pra congelar, se comer no restaurante, só dá para um almoço!)
Um quilo de carne do sol por 19,50 reais!!! Meu pai, vamos ser vegetarianos por um tempo?
Quatro rolos de papel higiênico, de 60 m cada, por 4,20 reais! Gente, até para limpar a b...
Caminhando mais um pouco quase tive um troço: um litro de água sanitária, 2 reais! Temos que economizar até para desinfetar a casa e tirar manchas das roupas brancas?

Bom, resolvi deixar algumas coisas para comprar num mercadinho de bairro, estavam mais baratos lá.
Os pacotes de leite e os refris, resolvi comprar na Cesta do Povo, é o lugar mais barato para isso.

Se tempo é dinheiro e precisamos gastar muito tempo para fazer compras, então economizar também é gastar dinheiro. Portanto, estamos perdidos de qualquer forma.

Então caros colegas, não sei mais o que fazer. O Atacadão que me aguarde, estarei lá em breve!

Bom sábado a todos, tá passando um documentário massa sobre como lidar com crianaçs autistas e o final de o Exorcismod e Emily Rose. Hhuhuhuhuhuuh....

Bjs.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Às vezes me sinto triste

Muitas coisas me fazem felizes, mas percebo que não sou mais nem tão sorridente, nem mais tão feliz como antigamente.
Acho isso engraçado, pois antes, tinha menos condições sociais, não tinha um bom marido, meus filhos eram menores, assim davam muito trabalho... Também não tinha uma casa ( ainda que financiada), nem um carro ( ainda que velho), ou sogros maravilhosos.
Tenho tudo para ser feliz, um emprego efetivo e tudo o que citei. Mas... não sei porque me sinto tão triste.
Antigamente, gostava muito de me arrumar, comprar roupas novas, mexer no cabelo. Não saía enquanto não me sentisse perfeita, sempre estava de dieta, sempre me achando gorda...rsrrs (minhas amigas sempre me contam sobre isso). Mas porque então me sinto infeliz? É estado de espírito? É desespero? POR QUE MEU PAI?
Não sei. Parece que ando tratando da vida como se eu fose uma grande esponja, absolvendo os problemas de outras pessoas, qualquer indiferença de meu marido ( que talvez só seja impressão minha), qualquer filme triste...

Ai meu pai, há tanta luz no mundo, porque a escuridão me persegue?

Meu niver

Uma aluna me disse: Pró é seu aniversário, precisa comer uma pizza!
Resolvi que precisava sim. Beto, Paulo e eu fomos ao centro e compramos umas mini pizzas. Encontramos algumas pessoas no caminho, bati uns papos rápidos, sentamos em frente à TV e comemos pizzas assistindo ONCE UPON ON TIME. Foi muito gostoso!
às vezes as coias mais simples são as que fazem você feliz!!!

Psit: Que aluna mais sabida sô!!!!

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Meu aniversário

Oi pessoal! Hoje é meu aniversário.

Completo a idade de Cristo. Por mais que para mim este seja um dia especial acordei triste. Já chorei prá caramba, meu Gê e eu nos estranhamos antes de dormir. Aí fico sem sentido, sem vontade, sem alegria, pois o amo muito.

Porém, me senti amada. As pessoas mais especiais no mundo para mim lembraram da data: meus filhos Gilbertinho e Paulinho, Minha irmã Érika ( a danada me ligou a meia noite - Não tem o que fazer não é ? kkkk), minha mãe Estela, Minhas tias Ana e Joice e até Daiane, minha amiga de infância. Percebi que tenho alguma importância no mundo além da criação dos meus filhos.

Antes pensava que tinha que ser a melhor professora do mundo, mas de uns tempos prá cá tenho ficado triste com o que tenho visto na educação. Os alunos tem ficado muito desisteressados, não respeitam os professores ( ainda que façam o melhor trabalo possível), não obedecem aos horários, nem cumprem as tarefas. Meus alunos de estágio me contam muitas coisas tristes e fico bem chateada com tudo. Gostaria muito que fosse diferente. Sem fui sonhadora e depois que passei a lecionar sempre acreditei que poderia mudar alguma coisa, em alguém, na vida de alguém. Mas cada vez a situação educativa me preocupa mais. Enquanto cuido dos filhos de muitos, na universidade, os meus têm que estudar sozinhos, pois não tenho tempo.
Mas, apesar de tudo acredito que tudo vai melhorar. A esperança reside em mim, por mais que diga que não.

Paulo fez uma carinha de papel e um jogo da memória de objetos escolares em inglês e me deu de presente. Colei a carinha na agenda, ele disse que era a cara dele. E jogamos juntos. ganhei outro presente, estava passando um dos meus filmes preferidos ADORÁVEIS MULHERES. Isso prá mim foi demais, chorei prá caramba com a história. Fiquei feliz.

Espero que Gê mude de idéia e pare com a birra antes do final deste dia, é o presente que espero.

Grande beijo e um excelente 12 de abril para todos!

segunda-feira, 9 de abril de 2012

FGV e Senado, quais relações?

Perscrutando os resultados do concurso para cargos do Senado Federal 2012, promovido pela FGV pude perceber o descontentamento das pessoas com as ações desta instituição. Queixas de falta de provas, plágio de questões, má preparação dos aplicadores das provas, anulação de provas, inexatidão e descaso ao responder aos recursos proferidos são alguns dos problemas indicados em sites, fóruns e blogs sobre a atuação da FGV neste concurso. Pude perceber também que não é o primeiro envolvimento da FGV com o Senado. Vejam os apontamentos encontrados:
  • A FGV fez consultoria para o Senado mais de uma vez:

27/05/2010 10h32 - Por Bandnews

Senado recontrata FGV para fazer nova consultoria

O Senado recontratou a Fundação Getúlio Vargas para fazer uma nova proposta de Reforma Administrativa. Na primeira tentativa, a ideia era cortar gastos desnecessários, o que não aconteceu. O outro relatório da FGV foi considerado superficial pelo relator da comissão, que analisa a reestruturação da casa. E agora o Senado paga duas vezes pela mesma consultoria. Visite o UOL Notícias

http://tvuol.uol.com.br/assistir.htm?video=senado-recontrata-fgv-para-fazer-nova-consultoria-0402183772E4B92386

Ver também:

http://www.portalhoje.com/sarney-se-contradiz-e-senado-chama-fgv-para-nova-reforma/1440687

  • No próprio Manual de Elaboração de textos do Senado a FGV aparece como exemplo ( assim como outras instituições, é editora FGV?):

Página 54 do Manual de Elaboração de textos do Senado

Exemplos:

CONJUNTURA ECONÔMICA. As 500 maiores empresas do Brasil. Rio de Janeiro : FGV, v. 38, n. 9, set. 1984.

CONJUNTURA ECONÔMICA. As 500 maiores empresas do Brasil. Rio de Janeiro : FGV, n. 38/9, set. 1984.

  • Vejam:

FGV já havia apontado mazelas do Senado há 14 anos

http://www.jornalpequeno.com.br/2009/5/14/Pagina108220.htm


Por que o Senado não fez licitação para o concurso? Houve dispensa? Houve justificativa?
São apenas alguns questionamentos para que se possa refletir acerca da condução de um concurso público para cargos de alto nível, de âmbito nacional.

domingo, 8 de abril de 2012

Titanic 3 D

Oi pessoal!

Já está disponível o Titanic 3 D. Já pensou? Mergulhar no mar junto aJack e Rosa, estar junto ao momento em que ele pinta a tela, perceber o vento sobre o casal quando eles ficam na ponta do navio...
Cada vez mais a ficção nos faz navegar por um mundo imaginário, das ilusões. Neste universo, podemos ser quem desejamos, ter o que gostaríamos, além de viver o inimaginável.
Hoje posso viver um pouco do amor de Rose, só que mais real. Não estou no Titanic, mas em casa, entre impasses e panelas, mas compartilhando de momentos do dia a dia, das dificuldades e parcerias.
Fico feliz em ser esta Rose, despreocupada, livre, amada. Posso dizer que no real não tenho os dois primeiros, mas o terceiro... me faz muito feliz.

Bjim.

Notícias dos concursos que fiz

Oi pessoal! Hoje vou relatar os resultados de alguns concursos que fiz, após decidir em novembro do ano passado a mudar de emprego.

Fiz dois concursos para tribunais, na área administrativa - quase fechei as questoes específicas, também, me acabei de estudar nas férias, o melhor momento para isto, além do carnaval, quando todo mundo estava curtindo. Porém, levei bomba em Português e Informática acreditam? Nunca vi tantos adjuntos, frases subordinadas substantivas, não sei que mais e coisa e tal. Também não estava por dentro das facilidades do BR Oficce e das questoes de excel envolvendo fórmulas que não acabavam mais. Assim, fiquei entre os 400 ou 500 colocados nos dois concursos, apesar de quase fechar as específicas ( o qeu consegui a custas de madrugadas estudando...), mas isto não foi suficiente pra estar entre os primeiros. Para encarar a área alheia com dignidade preciso de pelo menos mais uns dois anos para estudar, assistir a vídeos aulas e coisa e tal.

Na minha área fiz dois concursos também. Um para o TSE e outro para o Senado Federal. No segundo, não fui para a segunda etapa por conta de 4 questões, de português e atualidades, acredita? Fiquei p. comigo mesma por não saber as regras gramaticais na palma da mão e ter confundido complemento nominal com adjunto adnominal. Porém, não me culpei por não saber a maioria das questões de atualidades, visto que teria que terciência acerca das aantes de JFK e sobre os atuais presidentes da Petrobrás, missão que requer uma alienação televisiva sem igual. Já na prova objetiva do TSE, fiquei em 27º ( em mais de 4000) e tirei 9,3 na redação o que considero um avanço sem igual. Imagino que não serei a primeira colocada, visto que não terminei o mestrado e assim não devo ter vantagem na prova de títulos. Mas me senti ótima pelo resultado, ora bolas, é um concurso de âmbito nacional. Logo, concluo que estudando mais um pouco de conhecimentos gerais e português estarei quase pronta para próxima.

Entretanto, preciso terminar meu mestrado, finalizar a tal dissertação. Gosto muito desta danada, até namoro com a tal constantemente, mas a dissertação tem dificultado muito as coisas. Logo que defendê-las e pretendo fazê-lo em junho/julho voltarei a estudar para os concursos. Estou animada para tal, até presenteei meu marido com o livro do Hely Lopes, o chamego do direito Administrativo.

Assim pessoal, vou meter as caras na dissertação e retornarei à guerra dos concursos a partir do próximo semestre. Até porque, no mês de março recebi minha última bolsa PIBID, meu subprojeto acabou e era com esta grana que financiava meu mestrado, além de provas e viagens para fazer os concursos. Assim, como diria meu amado pai, agora:
EU SOU POBRE, POBRE, POBRE DE MARRÉ MARÉ MARRÉ, EU SOU POBRE, POBRE, POBRE DE MARRÉ DECI ( acho que a musica era assim).

Bom, de qualquer maneira, vamos à dissertação, minha próxima meta. Com o gratificação por esta titulação financiarei minha próxima meta: voltar aos concursos. E lá vamos nós...

Sobre alunos

Não entendo porque alunos muitas vezes tem mania de acender à autodestruição, atualmente trato este fenômeno relacionando-o com a ação de alunos universitários.
Alguns professores planejam as aulas com afinco, outros improvisam;
Uns professores estudam muito, para dinamizar o diáogo com os alunos, outros apenas dizem amém;
Alguns professores refletem sobre estratégias que possibilitem uma aprendizagem mais efetiva, outros abrem seus cadernos amarelados e repete as mesmas aulas, independentemente de turma ou geração;
Aguns professores acompanham de perto, questionam o desinteresse, cobram resultados, incentivam o estudo, outros são apenas amiguinhos;
Uns professores estabelecem regras, dialogam razões, outros fazem vontades...
Sabe oq ue geralmente acontece?

Boa parte dos alunos:

Esqueçem os professores que estudam e planejam com afinco;
Denominam como chatos e rígidos os professores que cobram resultados, que incentivam o estudo e estabelecem regras;
Ignoram os professores que se dedicam, se chateiam e pegam no pé em função dos professores que dizem amém.

Mais para frente:

A própria vida ensina que aqueles professores "chatos" foram justamente aqueles que ensinaram a viver. E que os professores "amiguinhos" continuam a puxar o saco, agora de outros alunos, em busca de votos, colaboração apoio, mas que na verdade não apoiam sua formação, a construção de saberes a formação de atitudes de compromisso, dedicação, respeito.
Assim, como ensinam os velhos sábios, o ideal é nos colocar no lugar de nossos professores e analisar o que se passa por detrás de suas atitudes.
Os professores "chatos" podem não ser os homenageados da turma, mas são aqueles que justamente nos farão fazer a diferença!

Sobre a reforma previdenciária II

Leiam a seguinte notícia disponível no site SINDIRECEITA (http://www.sindireceita.org.br/2012/03/29/senado-aprova-novo-regime-previdenciario-para-servidores-publicos-federais/): "O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira (28) o novo modelo de previdência do servidor público federal. O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 02/2012, aprovado em votação simbólica, acaba com a garantia de aposentadoria integral a servidores que recebam acima do teto do Regime Geral da Previdência Social, de R$ 3.916,20. Para ganhar acima desse valor, será preciso aderir à previdência complementar. A regra será obrigatória para quem ingressar no serviço público depois da implementação da lei, mas não atingirá os atuais servidores."
Lembram que tratei anteriormente desta reforma? Os novos servidores federais terão um teto máximo ( que mais parece com mínimo) de aposentadoria para que se possa conter os enormes gastos públicos gerados pelo atual regime. Será que não haveria outra maneira de manter o equilíbrio econômico financeiro das finanças públicas?
Bom, o fato é que a proposta foi feita, o senado aprovou emuita gente não viu. ATENÇÃO BRASIL!
Me preocupo com os futuros servidores públicos que poderão ser meus filhos, seus filhos, os filhos dos outros.
Era uma vez uma época que as pessoas não tinham in teresse em adentrar no serventuarismo público. Por que será afinal? Pergunte a seus avós...