Postagens populares

domingo, 15 de abril de 2012

O amor de Sherek e Fiona

Há pouquinho Gê estava assistindo a Sherek para sempre.
No final do episódio Fiona continua na forma de ogra quando o sol aparece e o burro diz:"- Fiona você continua ogra!" e Fiona completa:"- a forma do amor verdadeiro!"
Para ter o amor verdadeiro preciso ser uma ogra? uhauhauhauhauahuahua...
(Do I need to be a ogress?)

Não, não, pessoal, a forma do amor verdadeiro é determinada por sermos nós mesmos, mas também estarmos com a pessoa certa, que é aquela que nos valoriza como somos.

Demorei muito para entender que precisamos aprender a ser escolhidas, não ficar o tempo todo escolhendo, seduzindo e pedindo um namorado. Para sermos escolhidas, precisamos inicialmente gostar de nós mesmas, aprender a nos amar.

Quando nos amamos, nos tornamos pessoas melhores, desejáveis, autênticas e naturalmente bonitas. Ainda que os padrões do mundo do consumo e da moda ditem certas regras, a beleza pode emanar de dentro sim. veja que às vezes acordamos mais bonitas, às vezes acordamos mais feias. Quando estamos felizes, realizadas, espontâneas, a beleza de dentro ilumina tudo que está fora.

Entendi perfeitamente quando a Fiona falou da forma do amor verdadeiro. É a nossa verdadeira forma, e não digo que essa forma deve ficar sem maguiagem, sem saltos altos, sem um belo vestido... Afinal de contas, não moramos num pântano, como no desenho ( pelo menos a maioria de nós...). Mas se morássemos num pântano deveríamos buscar a beleza dentro da nossa cultura, do universo que nos rodeia, mas o segredo é - sem esqueçer do interior, sem esqueçer de se amar.

Também, para sermos escolhidas precisamos estar no lugar certo, vivendo, sem conduzir nossa vida numa busca incansável por uma alma gêmmea, isso cansa! Realmente não podemos determinar se encontraremos e como encontraremos a pessoa certa, mas podemos facilitar.

Um dia minha amiga Mel me disse uma coisa que achei interessante: "- Gisele, a mairia das garotas não consegue arrajar um namorado, ou um bom namorado justamente porque sempre estão no lugar errado. A maioria vai para festinhas e barzinhas, que tipo de homem pretendem encontrar nesses lugares? Num bar, provavelmente encontrarão homens que bebem demais ou que estão atrás de casos fortuitos, sem compromisso. Essas mulheres precisam se colocar nos lugares certos".

Pensei bem e acho que Mel tem razão. Nós mulheres geralmente não esperamos encontrar alguém na biblioteca, no trabalho ou no supermercado. Pelo que tenho visto excelentes relações começam em lugares assim, de maneira inesperada. Ou então através da apresentação de maigos, em eventos particulares, familiares...

Então pessoal, vamos ficar atentos para onde vamos e como agimos. Se amar e estar nos lugares certos pode ser um bom começo para aforma do amor perfeito. E não precisa ser uma ogra pra isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário