Postagens populares

quarta-feira, 3 de março de 2010

Tenho medo de uma morte trágica, por assassinato por exemplo. Sei que às vezes, quando se é ferido a gente acaba meio anestesiado ( já fui ferida)... Mas não gostaria de ter uma morte cruel, nem gostaria de morrer cedo, tenho muito em que contribuir ainda, muitas coisas a construir. Às vezes penso: - Tenho q me manter bem e prosseguir, o que seria dos meninos se eu não estivesse aqui?

Sou uma pessoa bem medrosa... Mas gosto um pouco disso em mim, evita que eu faça coisas muito perigosas... às vezes acabo fazendo, sei disso. Tenho medo de ser agredida, ou que meus filhos o sejam. Também tenho medo de me deparar com coisas que eu não possa explicar, ou não exercer o controle. Sei que na vida não temos controle de tudo, mas o que podemos controlar nos deixa mais seguros. Em relação a sentimentos sei que não controlo muito bem, mas disso não tenho medo.

Às vezes passamos por situações que nos provam que não controlamos totalmente nosso destino, mas podemos fazer muitas escolhas sim, e essas escolhas nos conduzem a determinados caminhos. Não digo que os destinos estão traçados e que cada caminho demarca um destino, mas cada escolha tem conseguêncais referentes a ela. Mas também podemos seguir por desvios... os caminhos não são lineares...

Nenhum comentário:

Postar um comentário