Postagens populares

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Reflexões

1 – Quando eu era menina eu já sabia o que era mais importante (o amor ), mas não sabia que no mundo existe tanta perversidade, que às vezes o bem não ganha no final e que ainda que façamos tudo para manter a ordem e não alterar o equilíbrio do universo que nos cerca, isso ainda é muito pouco, pois estamos ligados numa trama em que nossa vontade não é o único elemento determinante.
2 - Vou para onde for necessário, para onde minhas metas me conduzirem, não importa aonde seja.
3 – A inteligência é um afrodisíaco realmente incrível. Um cara inteligente não me ganha, me nocauteia. Já fui nocauteada duas vezes na vida.
4 – Nem todas os homens são iguais ...mas ... acredito que boa parte deles esteja numa crise de "lugar social" no momento. Isso traz tantos problemas p nós mulheres. Mas somos causadoras dessa crise.
5 – Se eu não fosse a Gisele ...gostaria de ser uma missionária ou uma ótima cantora de música popular brasileira.
6 – Nas esquinas da vida encontro hoje um univverso estranho. Assumi desde ano passado um papel social de muita responsabilidade. Enquanto vivia na mesma casa q minha mãe, ainda que tivesse um emprego universitário ( mas em outra ciddae da que eu morava) podia ser moleca, louca, livre. Hoje, como uma mãe responsável, uma professora universitária respeitável, uma provedora total da minha família, distante dos amigos e familiares que tanto amo me vejo num papel diferente, sei que tenho que estar íntegra em todos os sentidos para que minha família possa ser feliz.
7 – O difícil no casamento é quando as pessoas não percebem que é indispensável ou não querem exercitar a tolerância, o respeito e a cumplicidade.
8 - Uma música que revela parte de mim é "Força estranha".
9 – Quando escutei esse clipe, lendo a legenda...chorei. Gostaria de ser amada novamente como acredito ter sido um dia.
10-Acredito que o amor que vale apena é aquele em que cada um ama porque quer amar, se entrega totalmente s esperar retornos, pelo gosto de amar, em que não nos perdemos de nós mesmos, mas nos entrelaçamos no outro
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário